O apêndice tem uma função

20 11 2009

Os evolucionistas afirmam que possuímos órgãos que não são necessários ao nosso organismo, os chamados “órgãos vestigiais”. Desses órgãos, o mais conhecido e mais comum é o apêndice, que segundo os evolucionistas, o apêndice foi perdendo a sua função ao longo da evolução, os evoucionistas apresentam este argumento baseados na Lei do Uso e do Desuso, criada e defendida por Lamarck. Baseados nesta afirmação, o apêndice era retirado sem qualquer problema e até de forma desmedida pelos cirurgiões, pois a sua primeira acção face a uma inflamação no apêndice era proceder à cirurgia e retirar o apêndice.

Mas o apêndice, TEM UMA FUNÇÃO, aliás até mais do que uma, uma das funções do apêndice é promover a produção de bactérias benéficas para o nosso organismo, e facilitar o repovoamento das mesmas no cólon. O apêndice protege o homem de doenças como a disenteria e a cólera, que podem levar á morte, não em países desenvolvidos, mas em países que vivam com deficiências de higiene estas doenças são mais comuns, e mais mortíferas. Uma pessoa que tenha procedido a uma cirurgia para retirar o seu apêndice em cada situação de diarreia, irá perder uma camada que se encontra no interior do nosso intestino, que contém micróbios, essa camada do intestino tem o nome de biofilme.

Quando ocorre a perda dessa camada do nosso intestino, as bactérias benéficas, que se encontram armazenadas no apêndice emergem e repovoam a camada de biofilme, antes que bactérias maléficas se instalem, protegendo-nos assim de doenças graves.

Localização do apêndice

Logo uma pessoa que não possua apêndice pode viver, sim, mas está muito mais sujeita, e é muito mais vulnerável a certos tipos de doenças do que uma pessoa que possua o seu apêndice.

Porque mais uma vez aquilo que os evolucionistas definem como “órgão vestigial” tem uma função no nosso sistema imunitário, e não foi perdendo a sua função ao longo da evolução. xD

Anúncios